domingo, 22 de novembro de 2009

Estréia: Deixa Ela Entrar

Sinópse: Oskar, um garoto ansioso e frágil de 12 anos, é frequentemente provocado por seus colegas de classe mais fortes, mas nunca se defende. O desejo do menino solitário por um amigo se concretiza quando ele conhece Eli, uma garota da mesma idade, que se muda para a vizinhança com o pai. Séria e pálida, ela só sai de casa à noite e não parece ser afetada pelas baixas temperaturas. Coincidentemente, a cidade começa a ser assombrada por uma série de assassinatos e desaparecimentos inexplicáveis. Sangue parece ser o denominador comum a estes crimes, e para um garoto introvertido como Oskar, que é fascinado por histórias horripilantes, não leva muito tempo até ele perceber que Eli é uma vampira. Mas um romance não declarado surge entre eles, e ela lhe dá a coragem para lutar contra seus agressores. Para sempre congelada num corpo de doze anos, com todos os sentimentos e emoções confusas de uma adolescente, Eli sabe que só pode continuar a viver se seguir em frente. Mas quando Oskar finalmente vai para o confronto, ela retorna para defendê-lo usando a única arma que conhece.

A estréia desse final de semana parece ser o filme perfeito pra você que está por aí procurando uma história de vampiros mais profunda e original do que se tem achado atualmente. Elogiado por vários críticos, a trama conta com sempre presente "amor entre vampiros e humanos" de uma forma mais... vampírica, no formato de suspense/terror, e ao mesmo tempo, um pouco sarcástica, excluindo parte dos clichês encontrados nas histórias vampirescas dos últimos tempos. Não me aprofundarei muito na avaliação, pois apesar de ter pesquisado, ainda não tive a oportunidade de assistir, tendo que me contentar apenas com os vários textos críticos (com bastantes elogios) que li ultimamente, mas para quem se interessou, está aí uma recomendação para fãs de Crepúsculo e vampiros em geral.

4 comentários:

kacau disse...

otima dica estou louca pra ver esse filme, me disseram que é massa.

biscoito20 disse...

Pelo que li sobre esse filme, ele não tem nada a ver com essa frescura teen do Crepúsculo.

O filme tem uma identidade mais séria. Ainda não consegui vê-lo também, mas com certeza é melhor que esses vampirinhos adolescentes do momento.

Ana disse...

Parabéns pelo Blog..
Irei segui-lo.
O filme parece ser bom, e diferente de Crepúsculo conterá mais suspense. Pretendo conferir.





Se estiver afim, confira meu post, sobre LUA NOVA
http://opinioeseinformacoes.blogspot.com/

Deeh disse...

biscoito20, foi justamente isso que eu queria dizer ^^, nada contra os "twilighters" claro, eu também estou esperando mais deste filme do que Crepúsculo, mas se você analisar, acaba chamando a atenção deles também!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More

 
Powered by Blogger